Os personagens de cem anos de solidão

José é o patriarca do clã Buendía, casado com sua prima Úrsula Iguarán e pai de José Arcadio (II), Coronel Aureliano Buendía e Amaranta. José Arcadio Buendía conduz vários amigos através das montanhas depois de matar Prudencio Aguilar em um duelo de honra. Ele é um líder natural em Macondo, oferece conselhos de plantio e planejamento da aldeia até que ele enlouquece por sua busca solitária e obsessiva de conhecimento. Passa muitos anos amarrado ao castanheiro do quintal, falando latim, cuidado alternadamente por membros de sua família e pelo fantasma de Prudencio Aguilar.


A matriarca empreendedora e espirituosa do clã Buendía, Úrsula vive entre 115 e 122 anos. É esposa e prima de José Arcadio Buendía e mãe de José Arcadio (II), Coronel Aureliano Buendía e Amaranta. No seu auge, ela mantém a casa aberta à visitação, sustenta a família com a venda de bichinhos de confeitaria e acaba com o domínio tirânico de seu filho José Arcadio sobre a cidade durante a Guerra Civil. Já na velhice, fica cega, enfrenta períodos de lucidez e vira joguete de sua tataraneta Amaranta Úrsula e do tataraneto Aureliano (II).

Artigos Interessantes